Lyrics of Às Vezes

Cover image of song Às Vezes by Tulipa Ruiz

Artist:



Tags: Às Vezes free lyrics , Download lyrics, youtube video of Às Vezes



Português (Original)        
Translated lyrics available in: Deutsch       中国       日本       Español      

Lyrics of Às Vezes

Às vezes quando eu vou à Augusta
O que mais me assusta é o teu jeito de olhar
De me ignorar
Toda em tons de azul

Sometimes when I go to Augusta
What scares me most is your way of looking
Ignoring me
All shades of blue


Teu ar displicente invade meu espaço
E eu caio no laço exatamente do jeito
Um crime perfeito
It's all right, baby blue

Your cavalier air invades my space
And I fall in exactly the way loop
The perfect crime
It's all right, baby blue


Garupa de moto, a quina da loto saiu pra você
Sem nome e o endereço é de hotel, eu mereço
Até outra vez

Back of the bike, the left edge of the lotus for you
No name and address of hotel is, I deserve
Up again


Às vezes quando eu chego em casa
O silêncio me arrasa e eu ligo logo a TV
Só então eu ligo pr'ocê, descubro que já sumiu

Sometimes when I get home
The silence blows me away and I turn on the TV soon
Only then did I turn pr'ocê, I find I have gone


Não sei em qual festa que eu te garimpei
Cantanto "lay mister lay", será que foi no meu tio?
Ou em algum bar do Brasil...
Sei lá, eu fui mais de mil

I do not know which party I panned
Singing "lay lay mister," was it my uncle?
Or in a bar in Brazil ...
Dunno, I was more than a thousand


Cheguei bem tarde, o vinho estava no fim
E alguém passou o chapéu pra mim e gritou
É grana pra mais bebum e eu não paguei

I arrived very late, the wine was in order
And someone passed the hat at me and yelled
It's more money to wino and I did not pay


Às vezes quando eu vou ao shopping
Escuto "Money for Nothing" e então começo a lembrar
Que eu tocava num bar e que uma corda quebrou

Sometimes when I go shopping
I hear "Money for Nothing" and then start to remember
I played in a bar and a rope broke


Foi um deus-nos-acuda, eu apelei pro meu Buda
Te peguei pelo braço e nós fomos embora
Eu disse: Baby, não chora, amor de primeira hora

It was a god Oh help us, I appealed to my Buddha
I got you by the arm and we left
I said: Baby do not cry, love for the first hour


A vida é chata, mas ser platéia é pior
E que papel o meu
Chá quente na cama, sorvete, torta, banana, lua de mel

Life sucks, but the audience be worse
And what role my
Hot tea in bed, ice cream, pie, banana, honey moon


Às vezes quando eu vou ao centro da cidade
Evito, mas entro no mesmo bar que você
Nem imagino o porquê, se eu nem queria beber

Sometimes when I go to downtown
I avoid, but enter the same bar you
No wonder why, if I did not want to drink


Reparo em sua roupa, na loira ao seu lado
No seu ar cansado que nem mesmo me vê
Olhando pr'ocê, pedindo outro "fernet"

Repair on your clothes, the blonde at his side
In his tired that not even see me
Looking pr'ocê, asking for another "fernet"


Será que não chega, já estou me repetindo
Eu vivo mentindo pra mim
Outro sim, outra "trip", outro tchau
Outro caso banal, tão normal, tão chinfrim

Did not arrive, I'm repeating myself
I keep lying to me
Another yes, another "trip", another bye
Another trivial issue, so normal, so shabby


Às vezes eu até pego uma estrada
E a cada belo horizonte eu diviso o seu rosto
A face oculta da lua soprando ainda sou sua

Sometimes I even get a road
And every Division I Belo Horizonte your face
The hidden face of the moon I'm still blowing his


Comments





Às Vezes Lyrics are the property of the respective artists, writers and labels. These lyrics are provided for eduacational purposes only. Please buy the song if you like them.