Lyrics of Sem Saúde

Cover image of song Sem Saúde by Gabriel O Pensador

Artist:



Tags: Sem Saúde free lyrics , Download lyrics, youtube video of Sem Saúde



Português (Original)        
Translated lyrics available in: Deutsch       中国       日本       Español      

Lyrics of Sem Saúde

Pelo amor de Deus alguém me ajude!
Eu já paguei o meu plano de saúde
mas agora ninguém quer me aceitar
E eu tô com dô, dotô, num sei no que vai dá!
Emergência! Eu tô passando mal
Vô morrer aqui na porta do hospital
Era mais fácil eu ter ido
direto pro Instituto Médico Legal
Porque isso aqui tá deprimente, doutor
Essa fila tá um caso sério
Já tem doente desistindo de ser atendido
e pedindo carona pro cemitério
E aí, doutor? Vê se dá um jeito!
Se é pra nós morrê nós qué morrê direito
Me arranja aí um leito que eu num peço mas nada
Mas eu num sou cachoro pra morrer na calçada
Eu tô cansado de bancar o otário
Eu exijo pelo menos um veterinário

For heaven's sake somebody help me!
I have paid my health plan
but now nobody wants to accept me
And I'm with dô, doto, one will know what gives!
Emergency! I'm feeling bad
Grandpa died here at the hospital door
It was easier for me to have gone
straight to the Forensic Institute
Because this depressing're here, Doctor
This queue're a serious case
Has already given up sick to be treated
and hitchhiking cemetery
And then, doctor? See if one gives way!
If it is to us dies we die right
Get me there in a bed that I ask nothing but
But I'm a Cachora to die on the sidewalk
I'm tired of playing the fool
I demand at least one veterinarian


Me cansei de lero lero
Dá licença mas eu vou sair do sério
Quero mais saúde
Me cansei de escutar...

I got tired of lero lero
Excuse me but I'll leave the serious
I want more health
I got tired of listening ...


"Doutor, por favor, olha o meu neném!
Olha doutor, ele num tá passando bem!
Fala, doutor! O que é que ele tem!?"
- A consulta custa cem.
"Ai, meu Deus, eu tô sem dinheiro"
- Eu também! Eu estudei a vida inteira pra ser doutor
Mas ganho menos que um camelô
Na minha mesa é só arroz e feijão
Só vejo carne na mesa de operação
Então eu fico 24 horas de plantão
pra aumentar o ganha pão
Uma vez, depois de um mês sem dormir,
fui fazer uma cirurgia
E só depois que eu enfiei o bisturi
eu percebi que eu esqueci da anestesia
O paciente tinha pedra nos rins
E agora tá em coma profundo
A família botou a culpa em mim
E eu fiquei com aquela cara de bunda
Mas esse caso não vai dar em nada
Porque a arma do crime nunca foi encontrada
O bisturi eu escondi muito bem:
Esqueci na barriga de alguém

"Doctor, please look at my baby!
Look doctor, he do going well!
Speak, sir! What does he have?! "
- The query cost a hundred.
"Oh my God, I'm broke"
- Me too! I studied my entire life to be a doctor
But unless they gain a barker
On my desk is only rice and beans
I only see meat on the operating table
So I'm on duty 24 hours
to increase the livelihood
Once, after a month without sleep
I went to have surgery
And only after that I stuck the knife
I realized that I forgot Anesthesia
The patient had a kidney stone
And now she's in deep coma
The family has put the blame on me
And I was with that asshole
But this case will not be for nothing
Because the murder weapon was never found
The knife I hid it well:
Forgotten someone's belly


Me cansei de lero lero
Dá licença mas eu vou sair do sério
Quero mais saúde
Me cansei de escutar...

I got tired of lero lero
Excuse me but I'll leave the serious
I want more health
I got tired of listening ...


Socorro! Enfermeira! Urgente!
Tem uma grávida parindo aqui na frente!
...Ninguém me deu ouvidos
E eu dei um nó no umbigo do recém-nacido
Mas o berçario tá cheio então eu fico
com o bebê no meu colo aqui no meio da rua
E lá dentro o doutor tá botando o paciente no colo:
- "Por favor, fique nua!"
"Quê isso doutor?! Tem certeza?"
- "Confie em mim. É terapia chinesa. Tira a roupa!"
"Mas é só dor de dente"
- "Então abre a boca! (Ahhh) Beleza!"
"Ai, doutor, tá doendo!"
- "É isso mesmo, o que arde cura"
"Não! Pára! Não! Pára doutor! Não pára, doutor! Ai... Que loucura!!!)
- "Pronto, passou, tudo bem.
Volta na semana que vem!"
Ela vai voltar pra procurar o doutor
Essa vai voltar, pode escrever!
Mas só daqui a nove meses,
com um filho da consulta na barriga querendo nascer

Help! Nurse! Urgent!
Has a pregnant woman giving birth here in front!
Nobody listened to me ...
And I gave a node in the navel of newborn nacido
But the nursery is full so I'm
with the baby on my lap here in the street
And there're the doctor putting the patient on her lap:
- "Please, get naked!"
"What's that doctor?! Are you sure?"
- "Trust me.'s Chinese therapy. Take off your clothes!"
"But it's just a toothache"
- "Then she opens her mouth! (Ahhh) Beauty!"
"Oh, Doctor, it hurts!"
- "That's right, burning the cure"
"No, Stop, no! Stops Doctor! Non Stop, doctor! Ai ... That's crazy!)
- "There, now, okay.
Back next week! "
It goes back to look for your doctor
This goes back, you can write!
But only nine months from now,
consultation with a child wanting to be born in the belly


Me cansei de lero lero
Dá licença mas eu vou sair do sério
Quero mais saúde
Me cansei de escutar...

I got tired of lero lero
Excuse me but I'll leave the serious
I want more health
I got tired of listening ...


Que calamidade!
Dos bebês que nascem virados pra lua
e conseguem um lugar na maternidade
A infecção hospitalar mata mais da metade
E os que sobrevivem e não são sequestrados
devem ser tratados com todo o cuidado
Porque se os pais não tem dinheiro pra pagar hospital
uma simples diarreia pode ser fatal
- "Come tudo, meu filho, pra ficar bem forte"
"Ah, mãe! Num aguento mais farinha!"
- "Mas o quê que tu quer? Se eu num tenho nem talher?"
"Pô, faz um prato diferente, maínha!"
- "Eu ia fazer a tal da 'autopsia'
mas eu não tenho faca de cozinha!!"
Tá muito sinistro! Alô, prefeito, governador, presidente, ministro, traficante, Jesus Cristo, sei lá...
Alguma autoridade tem que se manifestar!
Assim num dá! Onde é que eu vou parar?
Numa clínica pra idosos? Ou debaixo do chão?
E se eu ficar doente? Quem vem me buscar?
A ambulância ou o rabecão?
Eu Tô sem segurança, sem transporte, sem trabalho, sem lazer
Eu num tenho educação, mas saúde eu quero ter
Já paguei minha promessa, não sei o que fazer!
Já paguei os meus impostos, não sei pra quê?
Eles sempre dão a mesma desculpa esfarrapada:
"A saúde pública está sem verba"
E eu num tenho condições de correr pra privada
Eu já tô na merda.


What a calamity!
Of babies born at the moon face
and get a place in the maternity
Hospital infection kills more than half
And those who survive and are not sequestered
should be treated with care
Because if the parents do not have money to pay hospital
a simple diarrhea can be fatal
- "Eat it, my son, to be quite strong"
"Oh, Mom! Flour In a stand it!"
- "But what it you want? If I'm not a fork?"
"Gee, it makes a different dish you mom!"
- "I would make this the 'autopsy'
but I do not have kitchen knife! "
're Very sinister! Hello, mayor, governor, president, minister, dealer, Jesus Christ, you know ...
Some authority has to manifest!
So in a way! Where would I stop?
At a clinic for the elderly? Or under the ground?
And if I get sick? Who is me?
The ambulance or hearse?
I got no security, no transport, no work, no play
I got an education, but I want to have health
I've paid my promise, I do not know what to do!
I've paid my taxes, I do not know for what?
They always give the same lame excuse:
"Public health is out of money"
And I'm in a position to run for private
I'm already in deep shit.


Comments





Sem Saúde Lyrics are the property of the respective artists, writers and labels. These lyrics are provided for eduacational purposes only. Please buy the song if you like them.